× iCasei

Baixe o App do nosso casamento e busque: amandaemarcos2018

Baixar

Amanda e Marcos

SEJAM BEM-VINDOS AO NOSSO SITE
Amanda e Marcos

Sobre os noivos

NA VERSÃO DELE

 

Confesso que quando nos conhecemos eu estava longe de ser o paradigma ideal daquilo que se entende por “príncipe encantado”. No máximo um protejo muito mal-acabado de um crush, aproveitando a modernidade do termo. A menina dos cabelos dourados e olhos de azeitona havia chamado minha atenção e, como por um acaso, passou a frequentar os mesmos ambientes sociais onde eu estava. Ok...não passavam de festas baratas em bairro universitário e, na verdade, era eu que me propunha às pretensiosas aventuras. Eu estava escancaradamente de olho nela. E algo me dizia que ela também estava de olho em mim! Não tinha como negar, era nítido. Com o tempo, passei a utilizar estratégias persuasivas que mais pareciam táticas de guerrilha. No cair do sol, avancei pelas ruas escuras para seduzi-la com um suculento ovo de páscoa da Kopenhagen. E deu certo! Dias depois trocamos os primeiros beijos. E assim se seguiram as semanas. Contudo, as agendas aos poucos não se encontravam, o acaso já não fazia mais o seu papel, e a euforia aos poucos foi se arrefecendo. Fui à lona quando ouvi o que precisava ouvir. Para tê-la eu precisava ser mais. Precisava ser melhor. E como o mergulhador que se vale do último fôlego para emergir, valorizei a chance ofertada para alcançar a virtude. Criamos o alicerce da nossa relação sobre os pilares do respeito, diálogo e companheirismo. Eis a fórmula perfeita para o desabrochar do nosso amor. Hoje ela é minha melhor amiga. Hoje ela é minha professora, terapeuta, médica e o que mais for preciso. E amanhã?

Será minha esposa! 

 

 

NA VERSÃO DELA

 

O destino nos prega cada peça. Em 2009 depois de muito choro e de me despedir de Salvador, fui estudar na Universidade Estadual de Feira de Santana(UEFS), mal sabia o que aquela terra ensolarada preparava para mim. Morava no Feira VI, bairro universitário onde acontecia as melhores festas universitárias da cidade. Em uma dessas festas conheci Marcos. Inicialmente olhei, reparei, e era apenas um “moreno alto, bonito e sensual”. Risos. Naquele dia nos conhecemos, e não, não nos apaixonamos à primeira vista como naquelas histórias de conto de fadas.... Anos se passaram e a amizade de festinha continuou. Sempre que nos encontrávamos trocávamos um “oi”, uma perturbação e várias vigilâncias de comportamento: “tô de olho em vc...”. Em uma noite de 2013, ele despretensiosamente perguntou “está de vale night?!” e minha resposta foi: “Estou de vale vida”. Mal sabia eu que toda minha vida estaria um dia nas mãos dele. E assim iniciou a nossa história, entre encontros e desencontros, mais desencontros que encontros, que tudo aconteceu, mesmo lutando contra o que eu sentia, me apaixonei. Mas e ele? Não estava ali para mais uma aventura amorosa, queria um amor para vida inteira,precisava mostrar isso para ele e ele enxergou depois de um belo puxão de orelha.laugh Os dias foram passando, os encontros aumentando, o sentimento aflorando, até que no dia 13/09/2013 ele me pediu em namoro. Diz ele que já me olhava fazia muito tempo, que a paixão era antiga, mas como digo para ele: “ seiiii”. Hoje ele é o meu amor, meu companheiro, meu amigo, meu confidente, o que escolhi para toda a minha vida, meu futuro marido. Nossas versões podem ser diferentes como a música de Clarice Falcão: “E foi assim que eu vi que a vida colocou ele (ela) pra mim ali naquela terça-feira (quinta-feira) de setembro (dezembro)" mas o nosso amor sempre será único e unânime. Te amo, Te encontro no altar.heart

 

“De todos os loucos do mundo eu quis você porque a sua loucura parece um pouco a minha”